sexta-feira, 24 de outubro de 2014

III Mesa Redonda de Cartas Ciganas: EU VOU!


Olá pessoal. Já estou na contagem regressiva para minha chegada no Rio de Janeiro - ansiedade define. Estarei, nesse sábado, entre alguns dos mais importantes exponentes da cartomancia com o Petit Lenormand no Brasil. Será um dia intenso de vivência e experiência compartilhada no trato com as cartas. Algo único. 
Estarei dissertando sobre a Mesa Real - também conhecida como Grand Tableau - e suas possibilidades. São doze anos de prática, à disposição dos participantes.
O que é um método? Qual é a funcionalidade de um método? Como utilizar a Mesa Real, conforme proposta por Katja e Cesar Bastos em seu Tarô Cigano? [ à propósito, Katja Bastos estará entre nós!]
Como ler as linhas e colunas e propor atribuições? Como prever o tempo, a partir da Carta Testemunha? Tudo isso e muito mais veremos em minha palestra. 
Além disso, terei oito livros Conversas Cartomânticas: da escolha do baralho ao encerramento da consulta à venda (os demais já foram reservados). Autografarei os que forem adquiridos no evento.
Aguardo vocês lá. Será um prazer batermos um papo, termos uma Conversa, sempre Cartomântica.
Abraços a todos, e cobrarei cada abraço pessoalmente. 

quinta-feira, 9 de outubro de 2014

TAROLOG 2014: eu vou!


Olá pessoal. Ano passado, tivemos um divisor de águas no que concerne aos eventos de Tarô. Um evento voltado exclusivamente para o universo que permeia o atendimento online, produzido por pessoas que são referência há anos no seguimento. Como não poderia deixar de ser - time que está ganhando se mexe sim, se melhora! - este ano contamos com um evento surpreendentemente melhor que o anterior, ainda que eu, particularmente, pensasse que não fosse possível. Mas, para meu prazer, temos o Tarolog 2014, superando todas as expectativas.


Gostaria de pontuar algo que foi uma grata surpresa para mim: Giordano Berti, um dos mais célebres pesquisadores do Tarô, estará nos visitando, agraciando-nos com uma palestra no Tarolog e dois cursos - em São Paulo e no Rio de Janeiro. Ele já esteve aqui conosco, no Conversas Cartomânticas, falando sobre Os Enamorados. Estou ansioso por conhecê-lo e haurir de sua sabedoria in loco. E sugiro que você também o faça!


Outro ponto a ser considerado é que o Giordano trará consigo o Sola-Busca Tarot - fundamental para qualquer oraculista que se norteie pela história do baralho, em especial os praticantes de cartomancia com o Waite-Smith. Imagine, o Sola Busca em suas mãos sem as taxas de importação e autografado pelo pesquisador que mais se debruçou sobre os mistérios desse baralho. Tentador, não?
Além da Sola-Busca Tarot - que já está na minha wishlist há tempos -  Giordano Berti tem uma surpresa maravilhosa para nós!

Um baralho de Tarot, marselhês, datado de 1828, incrivelmente bonito, reproduzido em escala limitada, será apresentado pela primeira vez no mundo em São Paulo do Brasil, durante Tarolog Brasil 2014. E vocês acham que eu vou perder isso? E vocês acham justo vocês perderem isso?
Estamos com um time de feras nesse evento, e tenho o prazer de conhecer [e recomendar o trabalho] da maior parte deles. Vou ao evento conhecer os demais e aprender com eles. Afinal de contas, o que precisamos, em termos de atendimento online, é de prática, e termos professores desse gabarito acelera o processo de ascensão profissional, eu lhes asseguro.

Aguardo vocês por lá, para um bate papo, uma Conversa, sempre Cartomântica.

Abraços a todos, até novembro.


Game of Thrones Lenormand: onde foi que paramos, mesmo?



Olá pessoal. A nossa blogagem Game of Thrones Lenormand está voltando! Em um novo formato, com informações e [re]leituras das quatro temporadas - lembremo-nos que, quando começamos, estávamos na segunda. 
Para ficarmos ainda mais ansiosos, deixo aqui um vídeo resumo das quatro temporadas. 
Hear me roar!


Game Of Thrones, an animated journey - #gotseason5 is coming from BlackMeal on Vimeo.

quarta-feira, 10 de setembro de 2014

Notas sobre a ambição, por Gerson H. Fachiano


Olá pessoal. Essa semana está mesmo para um reflexão conceitual. Pouco tempo depois de terminar nosso texto sobre Vanitas, o Gerson me apresentou esse artigo que vem muito a calhar. Sabendo-nos mortais, perecíveis, limitados, o que faremos com nossas possibilidades?
Com a palavra, o autor: um geminiano com ascendente em Áries, Lua em Leão. Poeta. Leitor voraz. Professor de Língua Inglesa na Fundação Nelito Câmara, estudante e praticante de Petit Lenormand Tradicional. Reside atualmente no Estado de Mato Grosso do Sul.

A AMBIÇÃO DA LUA, TORRE E SERPENTE, QUAL É MESMO A DIFERENÇA?


Em um ambiente empresarial e corporativo é comum ouvir alguns adjetivos que caracterizam e justificam o sucesso, e certamente ambição nunca faltará, assim como inteligência, criatividade, ética entre outros, não é mesmo? É sabido também que este tema é profundamente debatido desde os tempos remotos, temos desde passagens bíblicas até textos shakespearianos. Ambição tem a mesma raiz da palavra ambiente não por acaso. As duas vem de ‘ambire’, que significa ‘mover-se livremente’. Logo, podemos crer que ser ambicioso é ter nas mãos o próprio caminho na vida, sabendo exatamente o que quer, e tentar chegar lá de alguma forma e é neste ponto de ebulição que encontramos problemas perante o caminho.
Dentro do sistema Petit Lenormand há três cartas que falam deste tema, são elas: LUA, TORRE e SERPENTE. Mas qual é a diferença?


É simples, perceba. A ambição que a carta da Lua nos aponta é uma ambição no bom sentido, pois este sentimento está ligado ao ascencionato do indivíduo. 


Já a Torre possui uma ambição totalmente correlacionada ao universo social e totalmente ligado a mudança de status, mas por meio da arrogância e da frieza de como encara aquilo que almeja. 


Por fim, a Serpente possui a pior face da ambição, uma vez que a sua ambição é totalmente desmedida. Para conseguir aquilo que anseia ela passará por cima de tudo e de todos. Outro detalhe a ser percebido/discutido, quando é que essas cartas falam de ambição? Quando a mesma vem descrevendo as cartas significadoras (Homem/Mulher) ou quando descrevem alguma outra carta que possa representar dentro de uma Mesa Real ou fora dela, uma pessoa. 
A carta que estiver à direita de minha carta significadora será a carta que a descreverá. Por exemplo, você percebeu que em sua Mesa Real você encontrou a seguinte dupla: Mulher+Torre, logo, a Torre vem rotulando a carta 29, percebemos que esta consulente está sozinha e solitária no momento. Agora, se a posição estiver invertida, Torre+Mulher, temos a Mulher qualificando esta Torre, logo, a ambição dela é uma ambição Torre.
 Há quem as perceba de forma contrária, ou seja, a carta que descreve a significadora (ou qualquer outra carta dentro do jogo) será a carta que estiver à sua esquerda. Logo, as posições serão invertidas e contrárias ao que mostrei acima. É importante ressaltar que você deve ser consistente naquilo que faz e perceber essas nuances e inversões, pois faz toda a diferença.

Outro ponto a esclarecer são as cartas que podem representar pessoas num jogo. Como citei dois parágrafos antes, as cartas que estamos discutindo precisam adjetivar as cartas significadoras ou as cartas que representam pessoas dentro da leitura para se fazer valer do significado de ambição, assunto deste texto. Logo, podemos exemplificar com a carta do Cavaleiro, que pode vir representar alguém jovem ou parceiro afetivo de um homem; os Pássaros como um casal; a carta da Criança como um pré-adolescente ou filho do consulente (ainda menor de idade); a carta do Cachorro que pode vir a ser um amigo(a) próximo a ti; a carta do Urso, a tua mãe e a Torre ou a Casa representando o teu pai ou alguém mais velho, dentre outras possibilidades, pois tudo dependerá, claro, do CONTEXTO na qual essas possibilidades estarão efetivas dentro de uma leitura.
Portanto, dizer que o seu consulente é ambicioso será um insulto ou um elogio? Depende de qual carta acompanha o nosso consulente. O fato é que ter ambição é essencial em nossa vida. Caso você não possua alguma, certamente isso te faz ser um indivíduo acomodado e fadado ao fracasso, pois não sai da zona de conforto, não arrisca, não testa teus limites e por fim reclama dizendo que é infeliz. Já as pessoas ambiciosas serão as que fazem o mundo delas girar, pois, apresentam projetos, não ficam estagnadas, sonham e coloca tudo em ação assumindo riscos...

A pergunta é... Qual é o seu modo de ambição no momento presente? É uma ambição Lua, Torre ou é a ambição venenosa da Serpente? Façamos uma reflexão diante dos fatos.
Até a próxima!